O cérebro como gerador de insights

A neurociência nas empresas pode contribuir para mudanças importantes e bem profundas nos processos de desenvolvimento humano, gestão de equipes e relacionamentos interpessoais. Conhecer o cérebro, suas emoções, seus medos e suas dificuldades se tornaram uma grande missão para diversas áreas de pesquisa.

A cada novo estudo do cérebro humano, são descobertas, com mais profundidade e clareza, como o mesmo se desenvolve e se transforma. Esses estudos acabam orientando comportamentos que impactam diretamente na forma como as empresas se relacionam com os seus funcionários, fornecedores e clientes.
Na perspectiva de que as pessoas se constroem através de seu desenvolvimento cerebral e mental, a neurociência nas corporações, analisando sob o viés da prática empresarial, modifica radicalmente a forma como o desenvolvimento organizacional será alcançado, favorecendo a geração de resultados positivos para a organização empresarial.
Hoje empresas como Honda, Uniquímica, Braskem, Dow Quimica, Medtronic, Petrobras, entre outras,se valem da neurociência para administrar, se relacionar e, especialmente, calibrar e compreender as expectativa de seus colaboradores.
Dá série: “temos que humanizar nossas relações”, devemos investigar mais o cérebro humano para identificar com veracidade, o que faz as pessoas da nossa empresa mais felizes.