Prorrogação De Dívidas

Por: Iza Ribeiro

iza ribeiro 2

Frente a atual crise, consequência do alastramento do Covid-19, as maiores instituições bancárias do país - Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú Unibanco e Santander – irão prorrogar, por 60 dias, vencimentos de dívidas de clientes pessoas físicas e micro e pequenas empresas. 

 Frente a atual crise, consequência do alastramento do Covid-19, as maiores instituições bancárias do país - Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú Unibanco e Santander – irão prorrogar, por 60 dias, vencimentos de dívidas de clientes pessoas físicas e micro e pequenas empresas. 

Vale ressaltar, que a medida contemplará os contratos que estejam em dia, e, ainda, limitados aos valores já utilizados, com exceção do cheque especial e cartão de crédito. 

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), as instituições “vêm discutindo propostas para amenizar os efeitos negativos dessa pandemia no emprego e na renda” e “entendem que se trata de um choque profundo, mas de natureza essencialmente transitória”.
A medida possibilitará que empresas e famílias que possuem capacidade financeira, bem como transações de crédito regulares e adimplentes em curso, tenham ajustes de seus fluxos de caixa e, ainda, dispensa que as instituições bancárias elevem o provisionamento no caso de reajustar operações de crédito que sejam efetuadas nos próximos seis meses.
Para beneficiar-se da medida, uma vez que a prorrogação não é automática, os clientes precisarão fazer contato com as instituições, para verificar as condições que podem variar de um banco para outro. Importa destacar, que o contato poderá ser realizado pelos canais eletrônicos dos bancos que estarão à disposição do público.

 

 

Comments powered by CComment

© 2020 Eduardo Pires & Advogados Associados. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Dableo Comunicação.