Compliance: conheça a prática que possibilita uma cultura organizacional ética e eficiente

A palavra compliance significa cumprir, satisfazer. Assim, as organizações que aderem à prática devem fiscalizar o cumprimento de regulamentos internos e externos, executando as diretrizes para o negócio de acordo com as normas vigentes. A gestão de compliance é fundamental àqueles que visam ao sucesso, pois permite maior solidez na definição dos objetivos e como concretizá-los. A conformidade à regulamentação também traz benefícios às empresas, entre eles:

  • Qualidade: a adequação às normas de qualidade faz com que o serviço desenvolvido seja elevado.
  • Economia: ao evitar multas, punições, cobranças judiciais e penalidades por não corresponder às especificações, as empresas conseguem economizar recursos financeiros.
  • Fortalecimento da marca: o cumprimento das exigências aumenta o reconhecimento da organização por seu trabalho ético e comprometido.
  • Acesso a mercados externos: uma gestão de compliance eficiente gera credibilidade no cenário internacional.
  • Favorece a governança corporativa: possibilita um maior controle das operações.
  • Evita desgastes: empresas que seguem as obrigações legais e contratuais terão menos demandas judiciais pelo descumprimento de leis, já que não haverá erros na prestação de contas aos órgãos fiscalizadores ou o descumprimento de acordos e leis ambientais.

Alinhar as condutas às exigências requer conhecimento das normas. Para isso, é necessário ter em mãos um código de conduta, que seja compreensível a todos os colaboradores. Atentar às leis relacionadas à área de trabalho da empresa é outra medida importante, e os gestores devem garantir o cumprimento destas através do gerenciamento interno. Desenvolver projetos de aperfeiçoamento contínuo, além de estimular os colaboradores a adotarem a ideologia de compliance, são outras ações que contribuem para uma boa gestão. 

Rever as políticas de contratação, monitorar as medidas relacionadas à segurança da informação e adotar uma política transparente aprimoram a compliance: valorizá-la é garantir a preservação dessas práticas. Desse modo, a empresa criará uma cultura organizacional pautada pela ética nas relações trabalhistas e comerciais. 

Comments powered by CComment

© 2018 Eduardo Pires & Advogados Associados. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Dableo Comunicação.